[ VOCÊ SABE PRA QUE SERVER O ERP? ]

Home / ERP Cloud / [ VOCÊ SABE PRA QUE SERVER O ERP? ]

Mahout ERP Cloud - Sistema de Gestão Empresarial - NFe - CRM - E-commerce - Commerce

SUA EMPRESA PRECISA DO SISTEMA ERP?

Uma empresa precisa gerenciar contas a pagar e a receber, vendas e pedidos, folha de pagamento de funcionários, controlar estoque, emitir nota fiscal, entre diversos outros processos.

Para cada função, poderia existir um software diferente. Gerenciar todas informações separadamente necessita de muito tempo e é mais suscetível a erros.

Quando todas essas informações estão dentro de um único sistema, erros são mais difíceis de acontecer e o gerenciamento e analise de todas essas informações ficam mais rápidas.

O software ERP serve para isso.

Quando é preciso de um ERP?

Quando toda empresa é gerenciado através de um único sistema, é mais fácil a comunicação entre todos os departamentos da empresa:

  • Sistema de Gestão Contabilidade integrado com DRE
  • Gestão financeira para contas a pagar e receber
  • Sistema e fluxo de caixa e PDV on line
  • controle de estoque de produtos e integrados com e-comeerce magento
  • Controle Fiscal para pagamentos dos atributos
  • Controle e gestão de RH para pagamentos dos colaboradores
  • sistema de locação de equipamentos, acessórios ou produtos.
  • Sistema de Gestão de Suprimentos
  • Sistema e controle de Patrimônio
  • Sistema e gestão de Vendas, orçamentos e ordem de serviços.

Por exemplo, o RH será responsável por lançar todas informações de funcionários dentro do software, mas é o financeiro que fará o controle do quanto vai para pagamento de impostos, de funcionários ou de outras contas.

Exemplos do ERP na sua empresa

O marketing da empresa pode consultar o sistema e verificar que um determinado produto não está tendo tanta venda como eles acreditavam que teria, e pensar em estratégias para reverter essa situação para não ter prejuízo.

O pessoal da produção pode dar baixa na matéria prima que está sendo usada para a fabricação de produtos, enquanto o pessoal responsável por compras irá gerenciar que o mínimo de estoque daquela matéria prima foi alcançada e que precisa ser reabastecido.

Controle dos processos e setores ERP

Se cada um dos setores tivessem programas diferentes, que não se comunicam entre si, a gestão ainda pode ser realizado, mas com uma chance gigantesca de ocorrer erros e ocasionar prejuízos, estes que os sistemas ERP evitam.

Apenas para exemplificar, vamos supor que o pessoal da produção use uma matéria prima para fabricação de um produto, e não avisa para o departamento de compras que está quase acabando.

Quando for precisar, essa matéria prima não vai estar disponível, e toda produção irá se atrasar, podendo diminuir as vendas, gerar atraso no recebimento do cliente visto que ele também não recebeu o produto, e inclusive trazer outros prejuízos para empresa.

PERSONALIZAÇÃO DO SEU ERP

Apesar das vantagens, ERP nem sempre é o tipo de software que pode ser comprado na prateleira de uma loja para depois ser instalado em um computador e, em seguida, estar pronto para o uso.

Cada empresa, em vista de suas atividades e estratégias operacionais, possui necessidades distintas, portanto, sistemas de ERP só serão funcionais se ao menos as características mais importantes da companhia forem levadas em conta no momento da escolha da solução, cliente a cliente.

Basta compreender que uma empresa que fabrica medicamentos, por exemplo, tem necessidades bem diferentes de outra que trabalha no ramo de transportes.

A primeira precisa se preocupar com obtenção de matéria-prima, pagamento de licenças de patentes, pesquisas em laboratórios, entre outros.

A segunda, por sua vez, precisa se preocupar com a idade da frota, com gastos de combustível, com pedágios e assim por diante.

 ERP PARA MULTI EMPRESAS

Uma empresa também pode atuar em mais de um ramo de atividade ou exercer operações em vários estados do país, de forma a ser condicionada a pagar impostos diferentes em cada local, por exemplo.

Enfim, como é possível perceber, cada companhia precisa contar um sistema de gestão que se adapte a ela.

No intuito de controlar gastos, a empresa também precisa definir qual tipo de licenciamento é mais adequado às suas operações:

  • instalação do sistema em servidores próprios ou virtualizados
  • utilização do sistema em servidores terceirizados (geralmente, oferecidos pelo provedor da solução)
  • solução baseada em computação nas nuvens
  • pagamento por usuário (ou por computador de acesso)
  • uma mistura de uma ou mais dessas modalidades.

PENSE NO CLOUD

As soluções baseadas em cloud computing costumam ter custo menor, pois a empresa não precisa se preocupar com servidores, manutenção, atualização, entre outros.

Além disso, essa modalidade oferece acesso mais fácil para usuários que estão fora das dependências da empresa — um vendedor que está em outra cidade visitando um cliente, por exemplo.

Por outro lado, sistemas de ERP nas nuvens podem gerar gastos maiores a longo prazo, pois, em geral, esse tipo de licenciamento exige pagamento periódico, como se fosse uma assinatura.

Será que no longo prazo esse pagamento periódico compensará? Esse é um exemplo de questionamento que precisa ser feito no momento da adoção.

A importância das soluções em ERP

Repare que é importante à empresa analisar as soluções de ERP existentes no mercado e as modalidades de licenciamento oferecidas por cada uma para saber qual opção é mais adequada às suas atividades.

Se a empresa não tiver uma equipe de Tecnologia da Informação capaz de fazer essa análise, pode valer a pena procurar um serviço de consultoria.

O tempo de implementação também é um parâmetro importante. Sistemas de ERP não começam a funcionar da noite para o dia, dependendo do tamanho da empresa.

Muitas vezes, os provedores das soluções precisam de tempo para adaptar o software ao negócio e, nesse processo, devem avaliar a infraestrutura, considerar os recursos de segurança, fazer testes, treinar pessoal, integrar departamentos, migrar sistemas legados, entre outros.

MIGRAÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DE UM ERP

Temos que levar em conta também que, em muitos casos, a implementação do ERP ocorre em etapas, de forma que determinados módulos do sistema sejam instalados somente depois de esse processo ter sido concluído com outros.

Se a empresa for grande, a implementação de um ERP pode consumir várias semanas ou mesmo meses.

Com o Mahout ERP Cloud temos um suporte diferenciado e a personalização do seu sistema ERP.

Conte com quem estará dia a dia entendendo suas necessidades.

Controle de Vendas e Estoque

Precisa saber quais contas estão vencendo? O ERP sabe.

Quer ter maior controle do seu fluxo de caixa? O ERP ajuda.

Não sabe onde achar os dados de algum produto, como a validade ou o lote? O ERP encontra.

Precisa emitir notas fiscais ou automatizar envios? O ERP Saas faz.

É simples: quando você opta pela utilização de um Sistema de Gestão ERP, vive muito mais despreocupado. Você sabe que quando precisar de qualquer informação, ela estará a um clique de distância. Fique tranquilo, contrate MAHOUT ERP CLOUD e integre seus dados. Descomplique!

TENHA UMA NOVA EXPERIÊNCIA COM O MAHOUT ERP CLOUD!

Um mercado concorrido resulta em melhores produtos, aumentando as chances da empresa encontrar uma solução realmente adequada ao seu negócio. Contrate agora nosso sistema totalmente integrado, teste gratuitamente o sistema de gestão MAHOUT ERP Cloud!

Acesse www.mahout.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *