[ SEJA UM SUCESSO NA BLACK FRIDAY ]

Já bem difundida no Brasil, a Black Friday é a data mais esperada do ano para os gestores de e-commerces. A expectativa tem motivo, pois o aumento das vendas nesse período é quase certo. Em 2016, o comércio digital faturou cerca de R$ 1,9 bilhão, 17% mais do que em 2015. Para 2017, as expectativas são altas, porém, o sucesso de vendas na Black Friday depende de vários fatores, por isso, aqui vão algumas dicas para preparar seu e-commerce para vender muito.

Preços e descontos

O preço diferenciado é o maior atrativo da Black Friday, porém, desconto não quer dizer uma margem de lucro menor. Se programar para a data é essencial, então tente negociar com seu fornecedor aquela ponta de estoque por um preço mais baixo, além de verificar no seu inventário aqueles itens que estão sem saída e aproveite essa chance para fazer uma grande liquidação.

É importante que o desconto seja real, mesmo que apenas em uma categoria específica do seu e-commerce ou determinado produto. ‘Tudo pela metade do dobro’ implica em perda de credibilidade junto ao seu público, além do risco de cair nos sites especializados em verificar a evolução dos preços nos últimos meses. O que seria trágico.

Operação

A operação do seu e-commerce na Black Friday deve ser diferenciada. Tudo tem que estar funcionando perfeitamente e para isso, é importante passar um pente fino na sua loja meses antes, até mesmo para fazer testes com novas melhorias a serem implementadas, caso seja necessário. É preciso estar atento aos seguintes pontos:

–  Produtos: Tire um tempo para revisar os cadastros dos produtos, verificando o título, descrição, imagens, vídeos e potencializar essas informações, principalmente se suas ofertas forem direcionadas a uma categoria específica.

Pagamento: Ainda na página de produtos, é válido deixar visível todas as condições de pagamento, parcelas, prazos e juros.

Confiança: Deixar os contatos de suporte e atendimento visíveis gera bastante valor para os clientes em qualquer época do ano, principalmente na Black Friday, que tem um número considerável de reclamações no ‘Reclame Aqui’. O cliente precisa se sentir amparado, caso surja alguma dúvida durante o processo de compra ou após ele.

–  Atendimento: Além da operação, plataforma e infraestrutura, as pessoas por trás de tudo isso também precisam estar preparadas para um dia mais movimentado do que o normal. Provavelmente será necessário estender os horários de atendimento para cobrir as necessidades dos seus clientes.

Marketing

Assim com a operação do seu e-commerce, seu marketing deve se preparar com antecedência para o grande dia. Nessas horas, as redes sociais serão suas grandes companheiras. A preparação para a semana da Black Friday deve acontecer, pelo menos, um mês antes. Na reunião de planejamento, leve em consideração os seguintes tópicos:

–  Expectativa antes da Black Friday: Se seus descontos são agressivos, gerar expectativas é uma ótima tática para aumentar a conversão antes, durante e depois da Black Friday. Criar uma landing page para captar e-mails de clientes interessados nas ofertas é uma maneira de potencializar suas vendas na sexta-feira. Além dos e-mails marketing, trabalhe a expectativa também nas redes sociais. Dependendo dos seus produtos, aproveite daquele ‘meme do momento’ para dar uma movimentada.

Layout: Apostar em um esquema de cores diferenciado e específico para a Black Friday é importante para sinalizar que algo está diferente do usual. Os banners também devem indicar os descontos ou os produtos principais da sua campanha.

Pós Black Friday: Depois do grande dia, você terá novos leads, ou seja, novas oportunidades de negócio. É a hora de aproveitar para fidelizar esses clientes que podem vir a ser recorrentes na sua loja.

Infraestrutura

Por último, e não menos importante, é necessário que a sua infraestrutura esteja impecável para garantir estabilidade durante os picos de acesso durante a Black Friday.

Converse com sua equipe de TI, exponha seu planejamento e expectativas de acessos.

Previamente deverão ser feitos testes de carga baseados na expectativa de vendas e ações promocionais para evitar surpresas.

Fonte: E-commerce news

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.