[ QUERO ABRIR UMA STARTUP, O QUE EU FAÇO? ]

Home / Blog / [ QUERO ABRIR UMA STARTUP, O QUE EU FAÇO? ]

Perspectiva Jurídica

Não há regulamentação que define uma startup. Basicamente, é preciso seguir os pré-requisitos normais para a abertura de microempresa, ou mesmo de uma empresa individual que paga menos impostos.  Existem alguns questionamentos sobre a melhor forma de se fazer os contratos entre investidores e startups, dado o elevado risco envolvido e os mecanismos necessários para dar a devida proteção às partes envolvidas. São questões legais que não chegam, porém, a inviabilizar os investimentos.

Quanto custa o show

A depender da natureza da startup, os valores podem variar bastante. Naturalmente, sempre é bom que o empreendedor tenha algum recurso para custear suas despesas iniciais, o que varia muito de negócio a negócio. Dependendo do perfil da equipe de empreendedores envolvida, pode ser necessário apenas o investimento “em tempo” para desenvolver o protótipo inicial e fazeros primeiros testes de mercado. Se o projeto for realmente bom, os recursos financeiros necessários para viabilizar o início do negócio podem ser conseguidos com investidores-anjo ou aceleradoras. Em geral, esses recursos variam de R$20 mi a R$100 mil.

Objetivos de médio e longo prazo

Mais do que ganhar dinheiro, que é condição para qualquer negócio, percebo empreendedores com elevada tolerância ao risco e propostas bastante ambiciosas. E é esse o espírito esperado de um empreendedor moderno.

Fonte: Revista Gestão e Negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *