[ O QUE SIGNIFICA EMPREENDER NO BRASIL HOJE ]

Empreender no Brasil de hoje significa enfrentar um dos sistemas mais insólitos, pérfidos e burocráticos do mundo. Significa gastar uma quantidade incomensurável de tempo, esforço, energia e dinheiro, indo até escritórios de contabilidade, prefeitura e cartórios, para arrumar todos os alvarás, papéis, licenças e documentações, necessários para colocar o seu negócio em ordem, deixando-o assim, apto a começar as atividades. A quantidade de exigências, só nesta primeira etapa, testa os limites de qualquer empreendedor. Você realmente vai precisar de muita persistência para enfrentar toda a burocracia, pagar todas as taxas e desembolsar todo o dinheiro, exigidos em primeira mão, no investimento inicial. E vai precisar também de paciência, energia, disposição e determinação, em elevadas doses.

Empreender no Brasil de hoje significa passar por sacrifícios extremos, de tempo, dinheiro e mão-de-obra, trabalhando e esforçando-se muito sem ganhar absolutamente nada. E acima, de tudo, é necessário compreender que levará muito tempo, na verdade, vários meses – às vezes, até mesmo anos –, para você recuperar o investimento inicial. Evidentemente, você teve que comprar equipamentos, montar um bom estoque, alugar uma sala comercial para montar o seu futuro negócio, mas isso tudo é apenas o início de uma grande espiral descendente de um propósito profissional que – se você não parar para relaxar e respirar de vez em quando –, pode se transformar em um pernicioso e dramático pesadelo. Apenas para registrar uma empresa – e esse é só um dos muitos gastos iniciais que você terá – o custo é de aproximadamente novecentos reais. Você deve ter um bom dinheiro em reserva, se pretende montar o seu próprio negócio. Além de ser consumido por uma exasperante e fatídica burocracia – que vai engolir grande parte do seu tempo –, mesmo sem nem sequer ter começado a comercializar o seu produto, ou efetuar qualquer venda, você será saturado por uma enorme e torrencial enxurrada de gastos. Sim, e ainda esperam que você tenha sucesso, em um país que obriga o empreendedor a gastar, antes mesmo de começar a faturar.

Isso acontece porque vivemos em um sistema que pune o empreendedorismo, ao invés de recompensá-lo. O estado, além de parasita, é desorganizado. Precisa que você tenha documentos que comprovem as comprovações que comprovam o que eles próprios não são capazes de comprovar, o que dirá gerir e organizar. Como o estado, sendo primariamente um agente letárgico, falível e ineficiente, é totalmente indiferente à livre iniciativa, ele não vê nenhum problema em seu sistema de erros sobre erros, que irão gerar apenas mais erros. Mas não há nada de mais nestas questões, pois quem irá pagar por todos esses erros é você. Com dinheiro e desperdício de tempo, providenciando mais licenças e documentações. Outro grande problema é que, se por acaso você tiver o azar de ser atendido por profissionais incompetentes ou questionáveis, especialmente em cartórios ou na área contábil – e eventualmente, em algum momento, isso acabará acontecendo – eles farão você trabalhar em dobro, em decorrência de negligência, ou erros que eles acidentalmente irão cometer. O que é algo deveras natural, em ambientes saturados de burocracia. E você vai descobrir como o governo gosta de saturar a iniciativa privada com despesas e burocracia. É um processo que de fato exige muita resignação e paciência.

Mas depois deste estágio inicial, quando sua empresa está plenamente funcional e pronta para operar, você vai descobrir que os obstáculos estão apenas começando. Conseguir clientes, ter um faturamento decente, e recuperar o investimento inicial – sem contar com as despesas fixas do mês – podem deixar qualquer empreendedor saturado, atordoado e atônito. Definitivamente, o empreendedor brasileiro é um guerreiro com coragem, determinação e ousadia. Infelizmente, estas qualidades não pagam as contas. O que fazer?

Toda e qualquer publicidade que você puder fazer de sua empresa é válida. Mas não limite-se às redes sociais. Fale com seus amigos, parentes, vizinhos. Faça o possível para ampliar a sua rede de contatos profissionais. Lembre-se que você conta única e exclusivamente com os seus próprios esforços para vencer no mercado. Tudo o que o governo faz ou fará por você, ele já fez: o encheu de contas a pagar. E vai continuar sendo assim, quer você tenha um bom faturamento, ou não.

Infelizmente, ser empreendedor no Brasil não é algo fácil. Muitas vezes, você passará por provações e arbitrariedades difíceis. E a verdade é que isto torna-se bem evidente logo no princípio, quando você decide ir atrás do que é necessário para abrir uma empresa. Com o passar do tempo, você descobrirá que não fica muito melhor do que isto. Infelizmente, ser empreendedor no Brasil requer muita determinação. Não é algo onírico ou poético, mas sem dúvida nenhuma afina sua capacidade de superar obstáculos e adversidades.

Fonte: Jornal do Empreendedor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.