[ MASTERMIND – CONCEITO PODEROSO ]

Pense numa coisa que é capaz de dar a você um poder tremendo de realização e que pode ser aplicado em diversas áreas da vida.

Essa é uma força que ninguém consegue possuir por si só, e é algo relativamente simples: quando você se associa às pessoas certas, este poder surge, beneficiando a todos os envolvidos.
Em algum momento da sua vida, você já deve ter se encontrado com um amigo para um bate-papo inesquecível.Falo daquele dia em que a conversa fluiu e vocês discutiram sobre áreas mais pessoais, indo de projetos de vida a sonhos profissionais.
Durante o papo, o amigo também compartilhou sua visão sobre muitos temas comuns, enriquecendo o seu conhecimento. Logo, você deu mais um passo, fazendo um ajuste na conversa e expondo mais algum ponto relevante.
Seu amigo se ajeitou na cadeira, gostou de verdade do rumo da conversa e vocês foram lançando e cultivando ótimas ideias e muito aprendizado, discutindo e conversando por horas a fio.
Esse tipo de encontro já aconteceu com você? Comigo ele se repete várias vezes! Há entre os amigos uma piadinha sobre um tal “Café com Navarro”, já que eu adoro tomar café no mesmo lugar em minha cidade natal, e sempre com pessoas diferentes.
Parece estranho? Nada disso! Foram destes momentos que eu extraí grandes ideias e projetos, que depois vieram a compor meu projeto maior, que posso chamar de sonho de vida!
Mastermind: desvendando a ferramenta
A coisa toda é bem óbvia: uma ideia, ao ser trabalhada por duas ou mais pessoas que possuem um propósito similar, “sofre” um processo de enriquecimento e se transforma em um acontecimento – que então se desdobra em negócios e projetos concretos.
Todos os envolvidos ganham neste ciclo, pois recebem insights capazes de permitir que a ideia evolua para um nível mais elevado.
Agora imagine você realizando isso não por acaso, numa conversa de bar ou de fim de semana, mas em um ambiente definido e em um momento combinado.
Mais do que isso, algo não necessariamente com apenas uma pessoa, mas podendo envolver quatro, cinco participantes com excelentes histórias e projetos de vida?
Este conceito de pessoas capazes, que possuem propósitos de vida similares, e que se reúnem regularmente em local e momento planejados recebe o nome de Mastermind.
O poder deste tipo de encontro é espetacular! Como eu disse, há boas chances de você já ter experimentado isso, mas poucas chances de você fazer parte de um grupo desses de forma organizada.
A boa notícia é que todos nós temos este poder à nossa disposição. Eu só consegui chegar onde cheguei graças aos grupos Mastermind que formei e/ou que fui convidado a integrar.
Que fique claro que isso não é novidade e o nome mais “chique” Mastermind apareceu com mais força aqui há pouco tempo. Aliás, não se trata de nada complicado e nem para pessoas especiais, como talvez o nome possa sugerir.
Convido você a observar as pessoas de sua rede de relacionamentos e verificar quais delas possuem ideias similares às suas. Assim que identificá-las, que tal experimentarem, juntos, a formação de um Mastermind para a realização de um projeto comum?
Aplicando a ferramenta
Você pode aplicar esse conceito tanto em sua casa (com a sua família), como na empresa em que trabalha ou no seu negócio (ou plano de negócios).
Você também pode aplicar nas finanças, formando um grupo para geração de renda extra ou discussão de investimentos, e até mesmo para eliminação de dívidas.
Cuidado para também não achar que basta chamar os amigos para uma conversa qualquer. Mastermind não é para qualquer pessoa.
Você precisa reunir as pessoas certas, que pensam de forma similar em relação à vida (atitudes e comportamento) e que tenham espírito colaborativo. Gente afim de somar, aprender e compartilhar experiências.
Alguns cuidados
Com o avanço e popularização dos negócios na internet, tenho percebido algumas pessoas utilizarem essa ferramenta Mastermind como forma de gerar renda (muita renda, aliás), cobrando valores expressivos de pessoas até então desconhecidas, para que possam participar do grupo.
Não estou sugerindo que há algo errado com isso, afinal, conhecimento e networking têm um valor difícil de ser precificado.
Se muita gente oferece e faz sucesso, é porque há clientes dispostos a pagar.Acontece que eunão concordo que um Mastermind deva ser sinônimo de uma relação comercial.
Pela minha experiência, um verdadeiro grupo Mastermind deve surgir de um relacionamento real, sincero, onde a confiança entre os participantes foi conquistada e é merecida, cultivada, e isso não acontece da noite para o dia.
Conclusão
Um Mastermind não é uma simples reunião ou um evento social cobrado, mas uma discussão profunda sobre como podemos ser pessoas e profissionais melhores, ajudando os demais a crescer (como seres humanos, cidadãos e profissionais).
No meu entender, só assim esse “poder” se manifestará de verdade, gerando benefícios das mais variadas formas e cumprindo seu propósito inicial.
No meu caso, surgiram novos sócios, novos negócios e colaboradores excelentes, que dificilmente eu iria conseguir através de um processo tradicional de seleção/entrevistas.
FONTE: DINHEIRAMA.COM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.